Pedro Abrunhosa
Diabo No Corpo

E de repente
A porta abriu-se,
O mar entrou
Quando eu te disse: «Louco...».
E num instante
O mundo pára,
O sono agarra
Os teus passos de Anjo,
Como se fossem silêncio,
Os teus passos de Anjo.

E num momento
Invento histórias,
Conto mentiras
Já sem memória.
E só o sangue
Esconde as palavras
Que o sono empurra para
Os teus dedos de Anjo,
Como se fossem segredo,
Os teus dedos de Anjo.

Adormeces então devagar,
E nos teus braços
Há sempre lugar.
Deito-te comigo neste chão,
Sinto que respiram
Por entre as mãos
Os teus olhos de Anjo,
Como se fossem eternos,
Os teus olhos de Anjo,
Os teus olhos de Anjo.

A cada minuto
O tempo foge,
Quero dizer-te
Que não demores.
Rimos os dois,
Como quem ri da tristeza,
Em cada abraço
Uma loucura de Anjo,
Como se fosse sagrada,
Uma loucura de Anjo.

Por essa estrada
Não vejo o chão,
Vejo que a noite
Cresce na mão.
E se isso é céu,
E estrelas do mar,
Então sou teu
Nesse choro de Anjo,
Como se fosse secreto,
Esse teu choro de Anjo.

Adormeces então devagar,
E nos teus braços
Há sempre lugar.
Deito-te comigo neste chão,
Sinto que respiram
Por entre as mãos
Os teus olhos de Anjo,
Como se fossem eternos,
Os teus olhos de Anjo,
Os teus dedos de Anjo,
Como se fossem silêncio
Os teus passos de Anjo,
Como se fossem sagrados,
Nesse teu choro de Anjo,
Como se fosse secreto.


Mirror lyrics:

Como se fosse secreto.
Nesse teu choro de Anjo,
Como se fossem sagrados,
Os teus passos de Anjo,
Como se fossem silêncio
Os teus dedos de Anjo,
Os teus olhos de Anjo,
Como se fossem eternos,
Os teus olhos de Anjo,
Por entre as mãos
Sinto que respiram
Deito-te comigo neste chão,
Há sempre lugar.
E nos teus braços
Adormeces então devagar,

Esse teu choro de Anjo.
Como se fosse secreto,
Nesse choro de Anjo,
Então sou teu
E estrelas do mar,
E se isso é céu,
Cresce na mão.
Vejo que a noite
Não vejo o chão,
Por essa estrada

Uma loucura de Anjo.
Como se fosse sagrada,
Uma loucura de Anjo,
Em cada abraço
Como quem ri da tristeza,
Rimos os dois,
Que não demores.
Quero dizer-te
O tempo foge,
A cada minuto

Os teus olhos de Anjo.
Os teus olhos de Anjo,
Como se fossem eternos,
Os teus olhos de Anjo,
Por entre as mãos
Sinto que respiram
Deito-te comigo neste chão,
Há sempre lugar.
E nos teus braços
Adormeces então devagar,

Os teus dedos de Anjo.
Como se fossem segredo,
Os teus dedos de Anjo,
Que o sono empurra para
Esconde as palavras
E só o sangue
Já sem memória.
Conto mentiras
Invento histórias,
E num momento

Os teus passos de Anjo.
Como se fossem silêncio,
Os teus passos de Anjo,
O sono agarra
O mundo pára,
E num instante
Quando eu te disse: «Louco...».
O mar entrou
A porta abriu-se,
E de repente


Relevant Tags:
DDiabo NNo CCorpo iabo o orpo iDabo oN oCrpo xiabo mo forpo xDiabo mNo fCorpo Dxiabo Nmo Cforpo eiabo ho xorpo eDiabo hNo xCorpo
Deiabo Nho Cxorpo fiabo jo vorpo fDiabo jNo vCorpo Dfiabo Njo Cvorpo riabo bo dorpo rDiabo bNo dCorpo Driabo Nbo Cdorpo ciabo Noo Coorpo
cDiabo N Crpo Dciabo No Cropo siabo Nk Ckrpo sDiabo Nko Ckorpo Dsiabo Nok Cokrpo Diiabo N9 C9rpo Dabo N9o C9orpo Daibo No9 Co9rpo
Djabo N0 C0rpo Djiabo N0o C0orpo Dijabo No0 Co0rpo D9abo Nl Clrpo D9iabo Nlo Clorpo Di9abo Nol Colrpo Dlabo Ni Cirpo Dliabo Nio Ciorpo
Dilabo Noi Coirpo Doabo Corrpo Doiabo Copo Dioabo Copro Dkabo Codpo Dkiabo Codrpo Dikabo Cordpo D8abo Co4po
D8iabo Co4rpo Di8abo Cor4po Duabo Cogpo Duiabo Cogrpo Diuabo Corgpo Diaabo Cotpo Dibo Cotrpo Dibao Cortpo



HOME
Popular Songs:
ariel

yo di, gens de ces les

wrong again (nick's solo album)

ans meer zurück

hopelessly devoted to you

last

toilet seat's coming down

i didn't want to need you

something stupid

cinq minutes pour moi toute seule

mi burrito sabanero

mary of silence

if it's all right with you

a different kind of pain

when i'm with you

similar to rain

let the river run

cositas macabras (feat. gadiel)

castigo

guldet blev till sand

(C) 2012 MirrorLyrics. All rights reserved. contact us