Pedro Abrunhosa
Tu No Sabes

Tu não sabes
Quanto tempo vais poder
Dizer: «Este sou eu»,
Gritar que o chão é teu,
Tu não sabes,
Que o céu chama por ti,
Quando à noite te sorri,
Quando as pétalas se abrem
Só por si,
Tu não sabes.

Tu não sabes
Quanto tempo irás pedir
Quando o sangue te fugir,
Quando o punho se fechar
Sobre ti,
Tu não sabes,
Que o sonho não morreu
Quando o beijo se perdeu,
Que a manhã não acabou
Só por nós,
Tu não sabes.

Que palavras vais usar
Quando o sono não vier,
Quando a noite te disser:
«Vem comigo».
Que loucura irás dizer
Quando a mão que te apertar
Te pedir para ficares
Só mais um dia,
Tu não sabes,
Tu não sabes,
Tu não sabes.

Tu não sabes
Quantos rios se vão deter,
Quantos olhos vão beber
Nas palavras que colaste
Junto ao peito,
Tu não sabes,
Que os teus dedos são já meus,
Que se vão fechar nos teus,
Quando os barcos se despedem
Na maré,
Tu não sabes.

Que palavras vais usar
Quando o sono não vier,
Quando a noite te disser:
«Vem comigo».
Que loucura irás dizer
Quando a mão que te apertar
Te pedir para ficares
Só mais um dia,
Tu não sabes,
Tu não sabes,
Tu não sabes,
Tu não sabes….


Mirror lyrics:

Tu não sabes….
Tu não sabes,
Tu não sabes,
Tu não sabes,
Só mais um dia,
Te pedir para ficares
Quando a mão que te apertar
Que loucura irás dizer
«Vem comigo».
Quando a noite te disser:
Quando o sono não vier,
Que palavras vais usar

Tu não sabes.
Na maré,
Quando os barcos se despedem
Que se vão fechar nos teus,
Que os teus dedos são já meus,
Tu não sabes,
Junto ao peito,
Nas palavras que colaste
Quantos olhos vão beber
Quantos rios se vão deter,
Tu não sabes

Tu não sabes.
Tu não sabes,
Tu não sabes,
Só mais um dia,
Te pedir para ficares
Quando a mão que te apertar
Que loucura irás dizer
«Vem comigo».
Quando a noite te disser:
Quando o sono não vier,
Que palavras vais usar

Tu não sabes.
Só por nós,
Que a manhã não acabou
Quando o beijo se perdeu,
Que o sonho não morreu
Tu não sabes,
Sobre ti,
Quando o punho se fechar
Quando o sangue te fugir,
Quanto tempo irás pedir
Tu não sabes

Tu não sabes.
Só por si,
Quando as pétalas se abrem
Quando à noite te sorri,
Que o céu chama por ti,
Tu não sabes,
Gritar que o chão é teu,
Dizer: «Este sou eu»,
Quanto tempo vais poder
Tu não sabes


Relevant Tags:
TTu NNo SSabes u o abes uT No aSbes fu mo zabes fTu mNo zSabes Tfu Nmo Szabes 5u ho wabes 5Tu hNo wSabes T5u Nho Swabes
hu jo dabes hTu jNo dSabes Thu Njo Sdabes yu bo eabes yTu bNo eSabes Tyu Nbo Seabes 6u No xabes 6Tu No xSabes T6u No Sxabes
gu N㼼o aabes gTu No aSabes Tgu No Saabes ru Noo rTu N Sbes Tru No Sbaes Tuu Nk Szbes T Nko Tu Nok Sazbes
Th N9 Sqbes N9o Sqabes Tuh No9 Saqbes T7 N0 Ssbes T7u N0o Ssabes Tu7 No0 Sasbes Tk Nl Swbes Tku Nlo Tuk Nol Sawbes
Ti Ni Sxbes Tiu Nio Tui Noi Saxbes T8 Sabbes T8u Saes Tu8 Saebs Tj Saves Tju Savbes Tuj Sabves
Ty Sages



HOME
Popular Songs:
tensin

best days of my life

make me over

my only love is you

symphonie (spanish version)

mankind's not kind

carol medley

my music is gone

among my souvenirs

sydn ei vastaa

stormy hill

good rest ye merry gentlemen

moon at the window

party on the patio

alright

mimo para el alma

till you want me

na mu tilefonis

en som dig

token eastern song

(C) 2012 MirrorLyrics. All rights reserved. contact us