Josã© Cid
20 Anos

Vem viver a vida, amor
Que o tempo que passou
Não volta, não.
Sonhos que o tempo apagou
Mas para nós ficou
Esta canção.


Há muito, muito tempo
Eras tu uma criança
Que brincava num baloiço
E ao pião

Tinhas tranças pretas
E caçavas borboletas
Como quem corria
Atrás de uma ilusão

Há muito, muito tempo
Era eu outra criança
Que te amava ternamente
Sem saber

Vínhamos da escola
E oferecia-te uma flor
Que tu punhas no cabelo
A sorrir


Vem viver a vida, amor
Que o tempo que passou
Não volta, não.
Sonhos que o tempo apagou
Mas para nós ficou
Esta canção.


Vinte anos mais tarde
Encontrei-te por acaso
Numa rua da cidade
Onde moravas

Ficámos parados
E olhámo-nos sorrindo
Como quem se vê
A um espelho pela manhã

Dei-te o meu telefone
Convidei-te para jantar
Adoraste ver a minha
Colecção

Pelo tempo fora
Continuámos unidos
E cantámos tantas vezes
A canção


Vem viver a vida, amor
Que o tempo que passou
Não volta, não.
Sonhos que o tempo apagou
Mas para nós ficou
Esta canção.


Daqui a vinte anos
Quando tu já fores velhinha
Talvez eu já não exista
P'ra te ver

Ficas à lareira
A fazer a tua renda
Mas que importa
Se recordar é viver

Há muito, muito tempo
Tu e eu duas crianças
Que brincavam num baloiço
E ao pião

Vínhamos da escola
E oferecia-te uma flor
Que desponta agora
No teu coração


Vem viver a vida, amor
Que o tempo que passou
Não volta, não.
Sonhos que o tempo apagou
Mas para nós ficou
Esta canção.

Vem viver a vida, amor
Que o tempo que passou
Não volta, não.
Sonhos que o tempo apagou
Mas para nós ficou
Esta canção.


La la la...


Mirror lyrics:

La la la...


Esta canção.
Mas para nós ficou
Sonhos que o tempo apagou
Não volta, não.
Que o tempo que passou
Vem viver a vida, amor

Esta canção.
Mas para nós ficou
Sonhos que o tempo apagou
Não volta, não.
Que o tempo que passou
Vem viver a vida, amor


No teu coração
Que desponta agora
E oferecia-te uma flor
Vínhamos da escola

E ao pião
Que brincavam num baloiço
Tu e eu duas crianças
Há muito, muito tempo

Se recordar é viver
Mas que importa
A fazer a tua renda
Ficas à lareira

P'ra te ver
Talvez eu já não exista
Quando tu já fores velhinha
Daqui a vinte anos


Esta canção.
Mas para nós ficou
Sonhos que o tempo apagou
Não volta, não.
Que o tempo que passou
Vem viver a vida, amor


A canção
E cantámos tantas vezes
Continuámos unidos
Pelo tempo fora

Colecção
Adoraste ver a minha
Convidei-te para jantar
Dei-te o meu telefone

A um espelho pela manhã
Como quem se vê
E olhámo-nos sorrindo
Ficámos parados

Onde moravas
Numa rua da cidade
Encontrei-te por acaso
Vinte anos mais tarde


Esta canção.
Mas para nós ficou
Sonhos que o tempo apagou
Não volta, não.
Que o tempo que passou
Vem viver a vida, amor


A sorrir
Que tu punhas no cabelo
E oferecia-te uma flor
Vínhamos da escola

Sem saber
Que te amava ternamente
Era eu outra criança
Há muito, muito tempo

Atrás de uma ilusão
Como quem corria
E caçavas borboletas
Tinhas tranças pretas

E ao pião
Que brincava num baloiço
Eras tu uma criança
Há muito, muito tempo


Esta canção.
Mas para nós ficou
Sonhos que o tempo apagou
Não volta, não.
Que o tempo que passou
Vem viver a vida, amor


Relevant Tags:
220 AAnos 0 nos 02 nAos 30 znos 320 zAnos 230 Aznos q0 qnos q20 qAnos 2q0 Aqnos w0 snos w20 sAnos
2w0 Asnos 10 wnos 120 wAnos 210 Awnos 200 xnos 2 xAnos 20 Axnos 2p Annos 2p0 Aos 20p Aons 29 Amos
290 Amnos 209 Anmos 2o Ahos 2o0 Ahnos 20o Anhos Ajos Ajnos Anjos Abos Abnos Anbos
Anoos Ans Anso



HOME
Popular Songs:
amã¢ndote

sine stani

evening

stolen away

til all are one

one and the same

the hunt is on

brujeria

turning time around

unikuvia

my adobe hacienda

top tim rubies

be a man

only hope

tã¤ã¤llã¤pã¤in

the fire still burns

never in a million years

quien entiende

the end of the age

tracing to the west

(C) 2012 MirrorLyrics. All rights reserved. contact us