Ana Carolina
O Cristo De Madeira

Saiu da cadeia sem um puto
Sol na cara monstruoso
Ele é da alma "trip" dos malucos
Belo, mas nunca vaidoso
Um dia comparado a mil anos
Saiu lendo o evangelho
Vida e morte valem o mesmo tanto
Evolução do novo para o velho
Puxava seus cabelos desgrenhados
Vendo a vida assim fora da cela
Não quis ficar ali parado
Aguardando a sentinela
A vida parecia reticente
Sabia do futuro e do trabalho
Lembrou de sua mãe já falecida
Verdade era seu princípio falho
Pensando com rugas no rosto
Olhava a massa de cimento
A sensação da massa fresca
Transmitia às mãos o seu tormento
Trabalhava, ganhava quase nada
Fazendo frio ou calor
Difícil era quem aceitasse
Um cara que já matou
Se olhou como um assassino
No espelhinho da construção
O que viu foi sua cara de menino
Quando criança com seu irmão
Aonde anda seu irmão?
Em algum buraco pelo chão
Ou frequenta alguma igreja
Chamando a outros de irmãos
Sábios não ensinam mais
Refletiu sua sombra magra
Com o pouco que raciocina
Ele orava, ele orava
Mas o Cristo de madeira não lhe dizia nada
Mas o Cristo de madeira não lhe dizia nada
Mas o Cristo, brincadeira, não lhe dizia nada


Mirror lyrics:

Mas o Cristo, brincadeira, não lhe dizia nada
Mas o Cristo de madeira não lhe dizia nada
Mas o Cristo de madeira não lhe dizia nada
Ele orava, ele orava
Com o pouco que raciocina
Refletiu sua sombra magra
Sábios não ensinam mais
Chamando a outros de irmãos
Ou frequenta alguma igreja
Em algum buraco pelo chão
Aonde anda seu irmão?
Quando criança com seu irmão
O que viu foi sua cara de menino
No espelhinho da construção
Se olhou como um assassino
Um cara que já matou
Difícil era quem aceitasse
Fazendo frio ou calor
Trabalhava, ganhava quase nada
Transmitia às mãos o seu tormento
A sensação da massa fresca
Olhava a massa de cimento
Pensando com rugas no rosto
Verdade era seu princípio falho
Lembrou de sua mãe já falecida
Sabia do futuro e do trabalho
A vida parecia reticente
Aguardando a sentinela
Não quis ficar ali parado
Vendo a vida assim fora da cela
Puxava seus cabelos desgrenhados
Evolução do novo para o velho
Vida e morte valem o mesmo tanto
Saiu lendo o evangelho
Um dia comparado a mil anos
Belo, mas nunca vaidoso
Ele é da alma "trip" dos malucos
Sol na cara monstruoso
Saiu da cadeia sem um puto


Relevant Tags:
OO CCristo DDe MMadeira risto e adeira O rCisto eD aMdeira k fristo xe jadeira kO fCristo xDe jMadeira Ok Cfristo Dxe Mjadeira
9 xristo ee kadeira 9O xCristo eDe kMadeira O9 Cxristo Dee Mkadeira 0 vristo fe nadeira 0O vCristo fDe nMadeira O0 Cvristo Dfe Mnadeira
l dristo re Maadeira lO dCristo rDe Mdeira Ol Cdristo Dre Mdaeira i Crristo ce Mzdeira iO Cisto cDe Mzadeira Oi Cirsto Dce Mazdeira
Cdisto se Mqdeira sDe Mqadeira Crdisto Dse Maqdeira C4isto Msdeira C4risto D Msadeira Cr4isto De Masdeira
Cgisto Ds Mwdeira Cgristo Mwadeira Crgisto Des Mawdeira Ctisto D3 Mxdeira Ctristo D3e Mxadeira Crtisto De3 Maxdeira
C5isto Df Maddeira C5risto Maeira Cr5isto Def Maedira Cfisto Dr Maxeira Crfisto Der Madxeira Ceisto D4 Maeeira
Ceristo D4e Maedeira Creisto De4 Madeeira Criisto Dd Mafeira Crsto Dde Mafdeira Crsito Ded Madfeira Crjsto Dw Mareira
Crjisto Dwe Mardeira Crijsto Dew Madreira Cr9sto Maceira Cr9isto Macdeira Cri9sto Madceira Crlsto Maseira
Crlisto Crilsto Madseira Crosto Croisto Madira Criosto Madiera Crksto Madsira
Crkisto Criksto Madesira Cr8sto Mad3ira Cr8isto Mad3eira Cri8sto Made3ira Crusto Madfira
Cruisto Criusto Madefira Crissto Madrira Crito Critso Maderira Crizto Mad4ira



HOME
Popular Songs:
lentvll matolla

body and soul

als htte ich nichts mehr zu sagen

go back

negative 3

you're driving me out of my mind

love

it's me introduction

all the pretty li'l horses

nothin' like the lonely

mrate bien

(can't keep away from) the flame

jesus belongs in your heart

last man standing

long way home

cuentame tus penas

hazme llorar

lovin on the side

you dinosaur thing

she's gone gone gone

(C) 2012 MirrorLyrics. All rights reserved. contact us