Adriana Calcanhoto
Negros

O sol desbota as cores
O sol dá cor aos negros
O sol bate nos cheiros
O sol faz se deslocarem as sombras
A chuva cai sobre os telhados
Sobre as telhas
E dá sentido as goteiras
A chuva faz viverem as poças
E os negros recolhem as roupas
A música dos brancos é negra
A pele dos negros é negra
Os dentes dos negros são brancos
Os brancos são só brancos
Os negros são retintos
Os brancos têm culpa e castigo
E os negros têm os santos
Os negros na cozinha
Os brancos na sala
A valsa na camarinha
A salsa na senzala
A música dos brancos é negra
A pele dos negros é negra
Os dentes dos negros são brancos
Os brancos são só brancos
Os negros são azuis
Os brancos ficam vermelhos
E os negros não
Os negros ficam brancos de medo
Os negros são só negros
Os brancos são troianos
Os negros não são gregos
Os negros não são brancos
Os olhos dos negros são negros
Os olhos dos brancos podem ser negros
Os olhos, os zíperes, os pêlos
Os brancos, os negros e o desejo
A música dos brancos é negra
A pele dos negros é negra
Os dentes dos negros são brancos
A música dos brancos
A música dos pretos
A música da fala
A dança das ancas
O andar das mulatas
"O essa dona caminhando"
A música dos brancos é negra
Os dentes dos negros são brancos
Lanço o meu olhar sobre o Brasil e não entendo nada


Mirror lyrics:

Lanço o meu olhar sobre o Brasil e não entendo nada
Os dentes dos negros são brancos
A música dos brancos é negra
"O essa dona caminhando"
O andar das mulatas
A dança das ancas
A música da fala
A música dos pretos
A música dos brancos
Os dentes dos negros são brancos
A pele dos negros é negra
A música dos brancos é negra
Os brancos, os negros e o desejo
Os olhos, os zíperes, os pêlos
Os olhos dos brancos podem ser negros
Os olhos dos negros são negros
Os negros não são brancos
Os negros não são gregos
Os brancos são troianos
Os negros são só negros
Os negros ficam brancos de medo
E os negros não
Os brancos ficam vermelhos
Os negros são azuis
Os brancos são só brancos
Os dentes dos negros são brancos
A pele dos negros é negra
A música dos brancos é negra
A salsa na senzala
A valsa na camarinha
Os brancos na sala
Os negros na cozinha
E os negros têm os santos
Os brancos têm culpa e castigo
Os negros são retintos
Os brancos são só brancos
Os dentes dos negros são brancos
A pele dos negros é negra
A música dos brancos é negra
E os negros recolhem as roupas
A chuva faz viverem as poças
E dá sentido as goteiras
Sobre as telhas
A chuva cai sobre os telhados
O sol faz se deslocarem as sombras
O sol bate nos cheiros
O sol dá cor aos negros
O sol desbota as cores


Relevant Tags:
NNegros egros eNgros megros mNegros Nmegros hegros hNegros Nhegros jegros jNegros
Njegros begros bNegros Nbegros Neegros Ngros Ngeros Nsgros Nsegros Nesgros N3gros
N3egros Ne3gros Nfgros Nfegros Nefgros Nrgros Nregros Nergros N4gros N4egros Ne4gros
Ndgros Ndegros Nedgros Nwgros Nwegros Newgros Neggros Neros Nergos Nehros Nehgros
Neghros Neyros Neygros Negyros Nebros Nebgros Negbros Nevros Nevgros Negvros Nefros
Negfros Netros Netgros Negtros



HOME
Popular Songs:
mixed emotions

mourning

thanx

camera

␞ngel

cancion suave

spring cleaning (with bright eyes)

ooklah the punk

watch the north wind rise

sweet nothings

nach dir kommt nichts

man for life

all you do

action speaks faster

old chunk of coal

needles and pins

there goes the fear [the doves]

verdad que duele

boucan d'enfer

i took a year

(C) 2012 MirrorLyrics. All rights reserved. contact us